Home Marketing e Vendas Algoritmo do Instagram: tudo o que você precisa saber para usá-lo a seu favor
FacebookTwitterLinkedinWhatsappMessenger

Algoritmo do Instagram: tudo o que você precisa saber para usá-lo a seu favor

Algoritmo do Instagram: tudo o que você precisa saber para usá-lo a seu favor

Uma pergunta: você sabe por que apenas um percentual dos seus seguidores visualizam seu conteúdo no Instagram?

Para conhecer a resposta, é preciso saber como o algoritmo do Instagram distribui o conteúdo para os usuários na rede.

E se você está insatisfeito com o alcance dos seus posts e Stories, saiba que compreender os critérios do algoritmo é o que vai te ajudar a ampliar sua visibilidade o até o engajamento no Instagram

Entenda agora de modo objetivo e simples como funciona o algoritmo do Instagram e como qualquer profissional de marketing pode usá-lo a seu favor.

Parte 1- Como funciona o algoritmo do Instagram

  • Feed cronológico X feed do algoritmo
  • Por que o Instagram limitou a visibilidade de conteúdo com o algoritmo?
  • Fatores que determinam o que você vê no seu feed
  • O que o Instagram considera como interação

Parte 2 – Saiba usar o algoritmo a seu favor

  • O algoritmo do Instagram pode ser bom para a sua marca?
  • 6 ações para usar o algoritmo a seu favor e ter melhores resultados
  • O algoritmo oculta publicações?

Leia té o fim porque é um conteúdo que vai te fazer enxergar o Instagram e os seus posts de modo diferente!

 

Parte 1 – Como funciona o algoritmo do Instagram

Feed cronológico X feed do algoritmo

No começo, o feed era mostrado para todos de forma cronológica, ou seja, os posts eram exibidos de acordo com a ordem de postagem.

Em 2016 isso mudou.

O conteúdo do feed passou a ser mostrado por relevância: o algoritmo do Instagram passou a escolher o que é mais importante para o usuário.

Muita gente ficou decepcionada com essa mudança e pediu para que o feed antigo retornasse. Afinal, qualquer coisa que fosse postada teria visibilidade. Por outro lado, isso gerava mais conteúdo que não interessava os seguidores e, mesmo assim, eles viam.

O Instagram avisou que isso não vai acontecer! E no meso pronunciamento também divulgou os principais critérios do novo funcionamento do algoritmo. E não precisa ficar desanimado, até porque essa fase já passou, não é?

Mas você sabe por que o feed não é mais cronológico?

 

Por que o Instagram limitou a visibilidade de conteúdo com o algoritmo?

A intenção desse mecanismo não é limitar o alcance dos seus stories, dos vídeos no IGTV ou dos seus posts no feed.

O objetivo do algoritmo do Instagram é trazer a melhor experiência possível ao usuário, entregando conteúdo que ele gosta e eliminado aquilo que não o interessa. Assim, o usuário tem afinidade com o conteúdo que recebe e tem mais chances de voltar ao aplicativo, navegando pelo feed, Stories e vídeos.

Usuários mais satisfeitos, navegam mais e, consequentemente, acabam visualizando mais anúncios. Assim, o algoritmo também contribui indiretamente para gerar mais receita para o Instagram porque os anunciantes também conseguem visibilidade entre o público que querem atingir.

Agora vamos entender como o algoritmo classifica as publicações como relevante ou não para um usuário.

Atenção porque os fatores a seguir são os que garantem a visibilidade para sua marca.

 

Fatores que determinam o que você vê no seu feed

Há 3 fatores principais:

  1. Interesse
  2. Novidade
  3. Relacionamento

Existem também mais três fatores adicionais que influenciam em menor escala, mas não podem deixar de ser considerados:

  1. Frequência
  2. Seguidores
  3. Tempo de uso

Vamos entender como eles funcionam?

 

Os principais:

1- Interesse: tem como base os interesses do usuário registrados anteriormente

Se você sempre curtiu conteúdo de moda, viagens, negócios ou comida saudável, por exemplo, o algoritmo vai entender que esses são seus principais interesses e que os temas são relevantes para você. Mesmo que as postagens tenham menos engajamento, elas podem aparecer no topo do seu feed e no início das bolinhas dos Stories.

Nesse sentido, a categoria que você coloca seu perfil, o uso de hashtags, localização, legendas e marcações são muito importantes. Eles ajudam o algoritmo entender qual é o assunto da postagem para, então, mostrar com prioridade a quem pode interessar.

 

2- Novidade: as postagens mais recentes são mostradas

As postagem mais recentes vão, provavelmente, ter prioridade para aparecer no seu feed. Mesmo que o post mais antigo tenha recebido muito engajamento, o Instagram vai mostrar os posts mais recentes em vez de posts de alguns dias ou semanas atrás.

Se na primeira hora de exposição do conteúdo ele não tiver bom engajamento entre os seguidores daquele perfil, ele perde posições mesmo sendo recente. É por isso que a cronologia do feed e dos Stories não é linear.

 

3- Relacionamento: quanto mais interagirem com suas publicações, mais elas vão ganhar relevância

Você vai ver primeiro os posts de quem você mais interage. Melhores amigos, família, colegas de trabalho.

Postagens também podem aparecer no topo do feed quando você pesquisa regularmente algum perfil, como o de um influenciador, por exemplo. Vou explicar: o algoritmo entende que você pode estar interessado nessas postagens e não tê-las visto no seu feed. Então, para que você não precise procurar, o Instagram já escala essa postagem para o topo.

Quando o assunto é Stories, se o usuário vê mais o conteúdo de alguns perfis, mais eles aparecerão como primeiros.  Se os Stories de um perfil que estão aparecendo como primeiros para seguidores é ignorado ou imediatamente fechado, ele vai indo para o final da fila e, portanto, tendo meno espectadores.

Leia também: Guia para criar uma estratégia para Instagram Stories com o método DECC

Em resumo, quanto mais você interage com um perfil e com o conteúdo dele, mais o algoritmo do Instagram classifica ele e o que for similar a ele como relevante para você.

 

Os fatores secundários

1- Frequência: a regularidade com que você acessa o Instagram

O algoritmo vai selecionar o melhor post para te mostrar desde a sua última visita.

Se você abre o Instagram uma vez por dia, provavelmente vai ver as postagens que o algoritmo do Instagram considera mais relevantes para esse dia. Mas, se você visitar a cada hora, ele vai mostrar o conteúdo mais relevante que você ainda não viu dentro desse período. 

 

2- Quantidade de seguidores: os perfis seguidos pelo usuário

Se você seguir milhares de contas no Instagram, o algoritmo deve classificar mais conteúdo para decidir o que mostrar a cada vez que você abrir o aplicativo.

Isso significa que os usuários que seguem um grande número de pessoas podem ver menos de cada conta individual, enquanto os usuários que seguem apenas algumas contas selecionadas provavelmente veem mais de seus amigos mais próximos ou de suas contas favoritas.

 

3- Tempo de uso: quanto tempo você passa no Instagram

Isso também determina o que o algoritmo mostra. Se o usuário passa um curto tempo online, o algoritmo vai tentar mostrar primeiro os posts mais relevantes. Se for um tempo mais longo, ele oferece um posts com conteúdo mais profundo.

O algoritmo do Instagram funciona de forma a criar um feed super personalizado.

 

O que o Instagram considera como interação?

Como contamos, o Instagram classifica o que mostra para cada usuário baseado na interação dele.

Mas o que é considerado interação?

Errou quem pensa que são somente os comentários e as curtidas. Existem várias outras formas de interação que são contabilizadas. São elas:

1- Tempo gasto em cada post

O tempo gasto vendo o seu post também é contabilizado. Para o usuário permanecer na sua postagem, invista em boas imagens, álbuns em carrossel ou vídeos e em legendas mais longas e interessantes.

Use aquilo que prenda a atenção do usuário!

2- Legenda

A função “ver mais” da legenda também conta. Procure escrever uma legenda interessante que faça o usuário querer continuar lendo, porém não tão grande que queira desistir.

3- Interação nos Stories

Procure sempre utilizar elementos nos Stories para engajamento como as enquetes, caixa de perguntas e coisas que gerem vontade da pessoa responder e seguir vendo seu conteúdo.

Postar várias vezes ao longo do dia nos Stories te dá mais visibilidade  pode aumentar a interação.

4- Função “Arrasta para cima”

Para os que têm mais de 10 mil seguidores, essa função pode ajudar muito na interação. Inserir um link e fazer esta chamada para a ação “arrasta para cima” para o seu site ou blog é um tipo de interação.

5- Clicar nos elementos do perfil

Além de visitar o perfil e enviar mensagens, clicar no “Como chegar”, “Ligar” e até “Encaminhar” são ações que são entendidas pelo Instagram como interação.

 

Parte 2 – Saiba usar o algoritmo a seu favor

Como o algoritmo do Instagram pode ser bom para a sua marca

Entendendo como o algoritmo funciona, é preciso entender porque você não deve desconsiderá-lo e porque ele pode ser ótimo para sua estratégia de marketing.

O Instagram é um excelente aliado na hora de divulgar o seu serviço ou produto, mas, chegar até o cliente com o seu post exige agora um pouco mais de esforço. Porém, a vantagem é que com o algoritmo, as marcas são incentivadas a publicar sempre seu melhor conteúdo. A qualidade dele determinará o alcance.

Com o algoritmo, os melhores conteúdos aparecem para mais usuários por mais tempo, resultando em uma maior relevância para aquela postagem. Ou seja, se você faz um bom trabalho de marketing, poderá atingir um maior número de pessoas, ganhar mais seguidores e possíveis clientes.

 

6 ações para usar o algoritmo a seu favor e ter melhores resultados

Mesmo com todos os critérios do algoritmo do Instagram, existem formas de obter grandes resultados seguindo algumas dicas. Vamos lá?

1- Tenha um perfil comercial

Este é o primeiro passo.

A vantagem de ter esse tipo de perfil é que você pode acompanhar as métricas da sua conta e à partir delas otimizar as suas publicações.

2- Utilize hashtags específicas e relevantes

A hashtag é uma excelente forma de aumentar a sua visibilidade e o engajamento com seu público. O Instagram agrupa as fotos com a mesma hashtag em feeds de posts por temas.

Uma foto que só seus seguidores poderiam ver, pode ser visualizada por um grande número de pessoas e isso aumenta suas chances com potenciais clientes.

Mas, procure utilizar hashtags mais específicas como, por exemplo, o seu tipo de serviço ou produto, a localização e o assunto que você está abordando.

Busque criar também a sua própria hashtag e incentivar o seu seguidor a usá-la. Isso faz com que quem já gosta de você não perca nada da sua marca.

3- Use a geolocalização

Se você possui um negócio local, essa função pode ser extremamente útil para divulgar sua empresa na região e identificar o seu público-alvo.

Ela pode aumentar o seu envolvimento com seus seguidores e, consequentemente, a sua clientela e engajamento. A geotag facilita a busca dos usuários que estão procurando algo na região ou na cidade.

4- Faça as postagens em horários de alto engajamento

O ideal é saber os melhores horários para postagem do seu conteúdo.

Para isso, é preciso observar quando seus seguidores estão online, isso fará com que eles tenham mais chances de ver os posts da sua marca.

5- Tenha uma biografia

A biografia é a cara do seu perfil. É nela que os dados e o objetivo da sua marca devem ser encontrados.

Ter uma bio completa é muito importante para que o usuário saiba se vai encontrar o que procura. São dicas para uma boa biografia:

  1. – Descrição completa do perfil;
  2. – Foto com a logo da marca;
  3. – Contatos como endereço, telefone e e-mail;
  4. – Localização;
  5. – Link que encaminha o usuário para a página da sua marca (CTA)

6 –  Faça boas postagens com o Instagram Stories

Invista em postagens rápidas e interessantes.

Responder um story, visualizar ou encaminhar para outro usuário uma postagem contabiliza como uma interação no seu perfil, aumentando seu engajamento e alcance.

 

O algoritmo oculta publicações?

Tem quem acredite que o algoritmo do Instagram esconde suas publicações deusuários, já que só um pequeno percentual as vê.

Isso não é verdade!

Tudo continua no feed e na linha dos Stories. O que acontece é que ninguém navega até o final da timeline e, por isso, coisas que uma marca posta passam despercebida.

Gostou? Espero que esse post tenha te ajudado a entender melhor como funciona o algoritmo do Instagram e que você consiga aproveitá-lo para sua estratégia de marketing. E aí, elas estão dando certo? Este post foi útil para você? Conta pra gente!

Você também pode gostar

6 Comentários

RICARDO ALVES BRITO novembro 29, 2018 - 12:47 pm

Bom conteúdo.Obrigado

Juliana Silva novembro 29, 2018 - 8:01 pm

Que bom que você gostou Ricardo!
Estamos sempre trabalhando para trazer o melhor conteúdo aqui para o Blog.
Espero que tenha gostado dos outros posts também!

Linda dezembro 13, 2018 - 5:06 pm

Uau, sempre me surpreendo com vocês! Muito bom os artigos.

Juliana Silva dezembro 13, 2018 - 8:18 pm

Muito obrigada! Continue acompanhando a gente por aqui, sempre tem coisa nova. =]

Antonio março 11, 2019 - 12:24 am

Muito bom

Ludmila Alves março 11, 2019 - 12:21 pm

Oi, Marcos!
Que bom que o conteúdo foi útil!
Continue acompanhando o Blog Bume porque muito conteúdo assim está por vir.

Deixe um Comentário